Consumidores devem ser ressarcidos em cerca de 50,1 bilhões por cobranças indevidas na conta de luz

O diretor-geral da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone, estima que, sem ações para reduzir o valor das contas de luz dos brasileiros, poderá haver aumento de até 13% nas faturas de energia elétrica, em 2021.


Além de defender que todos os setores devem contribuir para suavizar os impactos dos reajustes, a ANEEL conta com aproximadamente R$ 50,1 bilhões que devem ser ressarcidos aos consumidores por meio de abatimentos nos próximos 5 anos. Esse montante é referente a cobrança adicional indevida de PIS/Cofins nas contas de luz dos últimos anos.


É importante ressaltar que 50,1 bilhões é o montante estimado, podendo chegar até 70 bilhões por conta de 14 distribuidoras, as quais não foi possível calcular o valor. Contando que realmente haja esse reembolso, a fatura poderá cair até 30%. No entanto, ainda não foi confirmado, então a melhor solução é se precaver.



A Economizenergia pode auxiliar você a reduzir a sua conta de luz em até 25% e recuperar as cobranças e tributos indevidos na sua conta de luz.



REFERÊNCIAS:



68 visualizações0 comentário