Governo qualifica leilões do setor elétrico no PPI

O governo editou o decreto que qualifica no contexto do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) o 1º e o 2º Leilões de Transmissão de Energia Elétrica de 2021, além do leilão para suprimento aos sistemas isolados. Em 2020, por conta da Pandemia do coronavírus só foi possível realizar um leilão em dezembro.


Conforme o edital do 1º Leilão de Transmissão, com previsão para 30 de junho, deverão ser ofertados para a construção e manutenção 524 quilômetros de linhas de transmissão e 2.570 MVA de capacidade de transformação, entre os estados do Acre, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo e Tocantins, sendo dividido em 5 lotos, com um prazo de 36 a 60 meses para a conclusão. Além disso, estima-se investimentos de R$ 1,02 bilhão e geração de 2 mil empregos diretos.

Assim como o 2º Leilão de Transmissão, previsto para dezembro, oferta empreendimentos totalizando 866 quilômetros de linhas de transmissão, nos estados do Paraná, Bahia e Pernambuco. Além de estimar um investimento de R$ 1,3 bilhão e geração de 2,6 mil empregos diretos.

O leilão destinado ao suprimento dos Sistemas Isolados, onde serão ofertadas 23 localidades nos estados do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, busca por soluções de fornecimento de energia e potência elétricas e terá início do suprimento em 2023.

É importante ressaltar que todos os dados acimas estão sujeitos a análises e ajustes até a publicação do edital oficial.


Referências:

https://www.gov.br/secretariageral/pt-br/noticias/2021/marco/presidente-edita-decreto-que-qualifica-leiloes-do-setor-eletrico-no-ppi

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53167228/governo-qualifica-leiloes-de-transmissao-e-de-sistemas-isolados-ao-ppi


41 visualizações0 comentário