Leilão de Energia A-5 de 2021

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) abriu nesta quinta-feira a Consulta Pública n° 035/2021, para a análise do Edital do Leilão A-5. O objetivo do certame é a contratação da energia elétrica gerada por novos empreendimentos eólicos, fotovoltaicos, hidrelétricos e termelétricos (biomassa, carvão mineral nacional, gás natural). Além disso, um dos destaques do leilão será voltado as termelétricas de resíduos sólidos urbanos.


“Em um país com mais de 200 milhões de habitantes, o reaproveitamento do potencial energético de resíduos sólidos contribui não apenas para a geração de energia elétrica, mas para a destinação adequada do lixo, o saneamento e à saúde pública”, disse o diretor-relator do leilão, Hélvio Guerra.


A ANEEL irá receber contribuições na consulta pública entre os dias 10 de junho até 26 de julho. A realização do leilão, com transmissão ao vivo no portal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), está prevista para o dia 30 de setembro de 2021. Os contratos de quantidade e disponibilidade serão negociados com duração de 15 a 25 anos, e o fornecimento de energia terá início em janeiro de 2026.


A Empresa de Pesquisa Energética finalizou, no dia 2 de junho, o cadastramento dos projetos para participação no Leilão de Energia Nova A-5 de 2021. Sendo cadastrado ao todo 1.694 projetos, com mais de 93,9 GW de oferta.


Referências:

bit.ly/3g2NvSL

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53176111/epe-leilao-a-5-cadastra-1-694-projetos-em-939-gw


34 visualizações0 comentário