Outubro começa com aumento de chuva no Sul e SE/CO

Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), divulgou que o Sudeste/Centro-Oeste teve um pequeno aumento nas vazões, e o no Sul um aumento mais significativo. Apesar disso, o Nordeste continua em resseção e o Norte em estabilidade. De acordo com a PMO, divulgado no dia 1° de Outubro pelo NOS, todos os submercados, com exceção do Sul, devem ficar com níveis abaixo da média histórica.

Fonte: www.ons.org.br , 2021

Além disso, em relação ao PMO anterior, houve uma queda no Custo Marginal de Operação de R$ 533,36/MWh para R$ 426,20/MWh em todos submercados. A estimativa é que o despacho térmico permaneça na média de 11.177 MW, principalmente por falta de flexibilidade, com uma média de 5.810 MW e uma média de 5.367 MW médios por ordem de mérito.


O Operador destacou que o país vive um período de escassez de hídrica, ainda é frágil em e que precisa de atenção, mas está tomando todas as medidas operacionais e técnicas possíveis para fornecer energia elétrica à sociedade. No entanto, já está enxergando uma situação mais favorável nas condições de atendimento com dados recentes apresentados pelos institutos de meteorologia, os quais afirmam que o período úmido está se configurando e deverá chegar dentro do prazo.

6 visualizações0 comentário