Repasse de 88,3 milhões será realizado as distribuidoras referente as operações de dezembro


Fonte: https://www.aneel.gov.br/, 2021

Conforme informado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) no dia 26 de maio de 2020, a bandeira tarifária ficaria verde até dia 31 de dezembro 2020, ficando apenas até novembro. Como forma de proteção ao preço das contas de luz dos consumidores e amparar o setor elétrico em decorrência da pandemia do Covid-19.


Mas o que é bandeira tarifária?

Bandeira tarifária é a forma de sinalizar o custo pra produção de energia à seus consumidores, para assim eles se prevenirem, economizando energia. Por meio dela que é repassado aos consumidores o preço para se produzir energia, o qual é afetado diretamente pelas secas (produção de energia fica mais cara), chuvas fortes (produção de energia fica mais barata), entre outros.


Então, em 2020, mesmo com o preço de produção de energia alto em determinadas regiões, não foi possível repassar para seus consumidores. No entanto, uma hora essa conta teria que chegar.


Logo, foi definido pela ANEEL em 88,4 milhões o valor do repasse as distribuidoras de energia elétrica credoras da Conta das Bandeiras referente à contabilização de dezembro de 2020. Conforme a publicação dessa quarta-feira, dia 3 de fevereiro, no Diário Oficial da União o montante será repassado a 46 empresas até 8 de fevereiro. Os maiores valores serão da Enel (8,3 milhões), Cemig-D (6,6 milhões), Light (6,2 milhões), CPFL Paulista (5,88 milhões) e Copel Distribuidora (5,8 milhões). Enquanto os devedores da Conta, terão o repasse de 21,3 milhões, até dia 4 de fevereiro.


Você sabia que a Economizenergia possui uma solução para "fugir" da cobrança da Bandeira Tarifária? Entre em contato com nossa equipe para saber mais.

Referência:

despacho_aneel
.pdf
Download PDF • 144KB

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo